Home

Grupo de Pesquisa em Biologia de Crustáceos - (CRUSTA)


O CRUSTA desenvolve estudos relacionados à biologia populacional e morfometria de crustáceos decápodos marinhos e de água doce, com ênfase aos caranguejos e siris. Os projetos em andamento tem centrado esforços no melhor conhecimento biológico de espécies nativas, abordando tópicos relacionados à reprodução (fecundidade, fertilidade, maturidade sexual, embriologia, época reprodutiva, indução reprodutiva pela ablação do pedúnculo ocular), crescimento (relativo e dos indivíduos da população), dinâmica populacional (estrutura, recrutamento, prevalência parasitária, razão sexual, fator de condição, dimensionamento de estoques, manejo sustentado) e criação em cativeiro.

No momento, a espécie que tem sido intesamente estudada pelo grupo é o caranguejo de mangue Ucides cordatus (Brachyura, Ocypodidae), que até o momento foi alvo de estudos em duas fases do Projeto Uçá sobre a biologia, ecologia, manejo populacional e educação ambiental (FAPESP - Proc. # 1998/6055-0 e Proc. # 2002/05614-2). Atualmente estamos desenvolvendo uma terceira fase do Projeto Uçá (FAPESP Proc. # 2009/14725-1), que trata do estado de conservação de 18 manguezais do litoral paulista, com avaliação do impacto por metais pesados (água, sedimento, folhas do mangue-vermelho e tecidos do caranguejo-uçá), bem como desta espécie de crustáceo por análises genéticas (micronúcleo, vermelho neutro, metalotioneinas e cometa).

Os membros do CRUSTA estão contribuindo ativamente do processo de gestão participativa do recurso caranguejo-uçá junto ao CEPSUL/IBAMA, colaborando na adequação das últimas portaria de defeso deste recurso nos litorais sudeste-sul, visando a preservação da espécie e manutenção de seu potencial extrativo. Além disso, participam ativamente de reuniões estaduais e nacionais sobre espécies de crustáceos ameaçadas de extinção, com vistas a sua proteção.

Linhas de Pesquisa


1) Biologia da Conservação e Ecologia de Crustáceos de Manguezal

Pesquisadores: Dr. Marcelo Antonio Amaro Pinheiro e Dra. Maria Helena Arruda Leme.
Objetivo: Composição, estrutura e dinâmica de populações e comunidades em bosques de manguezal; Caracterização estrutural e abiótica de bosques de manguezal e sua relação com a extração de crustáceos braquiúros de importância econômica; Estado de conservação de populações de crustáceos de importância econômica, bem como do ambiente manguezal, com base em estudos ecotoxicológicos, particularmente sobre metais pesados.

2) Biologia Pesqueira de Crustáceos

Pesquisadores: Dr. Alvaro Luiz Diogo Reigada, Dr. Marcelo Antonio Amaro Pinheiro, Dra. Maria Helena de Arruda Leme e Dr. Rogério Caetano da Costa.
Objetivo: Estudar aspectos da biologia pesqueira de crustáceos, com ênfase às espécies de importância econômica, visando avaliar o tamanho no início da maturidade sexual (morfológica e fisiológica), curvas de crescimento, delimitação da época reprodutiva e dimensionamento/manejo dos estoques populacionais, com repasse dos resultados obtidos aos órgão gestores e fiscalizadores do recurso pesqueiro, para adequação das portarias de defeso.

3) Regulação Iônica e Homeostase do Cálcio em Crustáceos

Pesquisadores: Dra. Flavia Pinheiro Zanotto.
Objetivo: Estudar os mecanismos de transporte e regulação do cálcio em relação ao ciclo de muda em caranguejos adaptados a diferentes ambientes, colocando em evidência mecanismos homeostáticos e adaptativos. O estudo da homeostase do cálcio serve, também, para elucidar processos evolutivos relacionados à invasão da água doce ou ambiente terrestre a partir do mar, o que se deve a sua característica conservativa no Reino Animal.

4) Transporte de Metais na Fisiologia dos Crustáceos

Pesquisadores: Dra. Flavia Pinheiro Zanotto.
Objetivo: Estudar o transporte de metais em células epiteliais de caranguejos,visando compreender como estes entram em células de brânquias e hepatopancreas e se compartilham mecanismos de transporte para outros íons como o cálcio.

5) Genômica Evolutiva e Ambiental

Pesquisadores: Dr. Rodrigo Augusto Torres, Dra. Monica Lúcia Adam e Dr. Marcelo Antonio Amaro Pinheiro.
Objetivo: Avaliação da conservação da biodiversidade animal em ecossistemas da região Neotropical, com ênfase aos crustáceos, por análise de dados moleculares de DNA e de danificação genômica. Tais informações tem como finalidade: (1) a avaliação do status taxonômico/evolutivo de espécies e suas populações; (2) entendimento da coesão espacial das populações das espécies, por seu relacionamento filogeográfico; (3) auxiliar, por meio de informações da conectividade e variação genética, os planos de conservação/uso sustentável de recursos animais exploráveis; (4) desenvolver protocolos de genética forense afim de mitigar crimes contra a fauna; (5) avaliar o status de conservação de espécies animais perante a variação genética observada; (6) diagnose de impactos sobre espécies animais e seus habitats, por meio dos níveis de dano genômico e/ou expressão gênica diferencial em ambientes alterados; e (7) prospectar genomas de organismos com vistas à identificação de produtos biotecnológicos.
blog
blog
fanpage
fanpage
unesp
cnpq
fapesp
ibama
cepsul
rebento
escrever ciencia

© 2012-2014 Crusta. Todos os direitos reservados. Reprodução sem autorização explícita é proibida.
Programação/Layout by Gustavo Pinheiro